Somente Cristo! Somente a Bíblia!

"Fiz uma aliança com Deus: que ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer, tanto para esta vida quanto para o que há de vir." - Martinho Lutero
Carregando...

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Uma Singela Homenagem aos Doutores de Plantão...



O Estado não tem poder para transformar a personalidade de uma criança, nem mesmo de um adolescente, pois isso é o produto resultante da natureza biológica, do ambiente familiar, do convívio social e finalmente do livre arbítrio de cada pessoa.

Mas igrejas transformam crianças e adultos fragilizados em pré-humanoides...

O tratamento que elas dão às pessoas com transtornos obsessivo-compulsivo, por exemplo, é classificado integralmente como “lavagem cerebral”.



Faz parte da natureza da personalidade fóbica, ou depressiva, ou da pessoa egoísta, narcisista, ou emocionalmente desequilibrada, ainda que o desajuste seja temporário, envolver-se com as religiões “radicais”. Isso porque tais pessoas são resistentes aos medicamentos, às terapias e aos conselhos dos terapeutas.


Elas se tornam, assim, alvos fáceis das igrejas, que têm o aval do Estado para transformar cidadãos emocionalmente perturbados em loucos varridos. Pois o que fazem tais igrejas-empresas de lavagem cerebral com os histéricos, os neuróticos e os hipocondríacos de todas as raças e credos, que acorrem em massa aos seus templos, senão escravizá-los, explorá-los e manipulá-los?

Onde está o Ministério Público que não fiscaliza as programações das Igrejas? Nelas ocorre uma verdadeira avalanche de hipnotismo de massa, às vezes acontecendo à noite, com os membros mais susceptíveis devido ao cansaço pelo dia de trabalho... Acontece charlatanismo barato, curandeirismo e exploração da consciência, da boa-fé alheias...

A mesma coisa fazem nos hospícios da Mundial, Renascer, R.R. Soares, Valdemiro e demais congêneres.

Todas prestam um desserviço à saúde mental pública e saúde social, ao mesmo tempo em que promovem uma perseguição sistemática, metodológica e rigorosamente desumana aos grupos que se opõe a eles.

Qual a razão de tanto ódio aos já supostamente ex-membros?

Se a pessoa acredita ou não em determinado assunto, isso é matéria de decisão de uma igreja ou da simples interpretação da Bíblia? Um pastor deve ditar normas ou dizer quais práticas são antinormativas?

Parece que a crítica à Igreja Católica, de ter perseguido os que eram contrários às suas imposições no passado; aplica-se hoje em dia às suas co-irmãs...


Incluindo a igreja adventista do sétimo dia.

O Editor

Nota: Já recuperamos a grande maioria dos Artigos do Blog e breve, breve teremos novidades no ar. Pedimos um pouco mais de paciência aos nossos amigos leitores... 

Nenhum comentário: