Somente Cristo! Somente a Bíblia!

"Fiz uma aliança com Deus: que ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer, tanto para esta vida quanto para o que há de vir." - Martinho Lutero
Carregando...

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Eclay González (Carta)

Querida irmã Sheila!
Recebi sua mensagen enviada ao irmão Dilmar.
A irmã defende plenamente as doutrinas da Igreja Adventista. Eu sou um ex-adventista, de berço, batizado no ano de 1952, quando não havia a doutrina da TRINDADE no corpo de doutrinas. Quando há pouco mais de 2 anos fui despertado para a insustentabilidade dessa doutrina de origem pagã/católica, pela Bíblia, e muito menos pelos escritos de E. G. White, passei a ser perseguido pela liderança da Igreja. O Pastor distrital para onde a minha carta de transferência deveria ter sido enviada, esteve em minha casa e, junto com um ancião dessa igreja, das 19 às 22:00H, não me provou em nada onde estivesse errado, mas eu lhe mostrtei por vários livros da dita escritora, a inexistência de uma trindade nos livros do "Espírito de Profecia".
Passados alguns dias, estive reunido com o pastor de origem, de onde seria enviada minha carta, e por uma hora eu lhe mostrei os erros e equívocos da Igreja, e em todos os casos ele me disse que concordava comigo. Não me provou nada onde eu estivesse errado, a não ser em não concordar com o pensamento Trindade. Mesmo assim levou meu nome para a comissão, depois para o plenário da igreja, e me excluiu. Irmanzinha, eu te pergunto: Onde ficou a instrução de Jesus que mandou que fosses sòzinho para tentar demover teu irmão do erro. Caso não conseguisses, levasses mais um ou dois, e se não conseguissem, levasses a Igreja, e só neste caso o "considerasses um gentiu". Porque não foi dado o direito de defesa? Respondo: Porque eles não tem base bíblica para sustentar essa doutrina.
A própria Igreja Católica, que a trouxe para o cristianismo, diz em seu Catecismo, à Página 75 o seguinte: "Para a formulação do dogma da Trindade, a Igreja (Caatólica) teve de desenvolver uma terminologia própria, recorrendo a noções de origem filosófica:...pessoa...etc". Porque a IASD não reconhece que importou essa dogma/doutrina da ICAR ?Que Deus a ebençoe e ilumine!Seu irmão em Cristo.
Eclayr González

Nenhum comentário: