Somente Cristo! Somente a Bíblia!

"Fiz uma aliança com Deus: que ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer, tanto para esta vida quanto para o que há de vir." - Martinho Lutero
Carregando...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

10 Erros Fundamentais dos Adventistas Do Sétimo Dia

Por Julio C. Morales H.


Antes de apresentar este tratado apologético quero fazer alguns comentários acerca dos motivos que me impulsionaram a publicar este folheto.

1.         Motivo número um – É que eu mesmo andei transitando por muito tempo nesse movimento, de 1937-1949, e minha conversão e novo nascimento se num sábado, 20 de novembro de 1949 (João 3:5-7; 2 Coríntios 5:17; Tito 3:3-7). Minha conversão ao Senhor foi incondicional para consagrar por completo minha vida Senhor. Mas, quando nos estavam doutrinando, preparando-nos, assim para receber o batismo, surgiram algumas dúvidas e dificuldades acerca de alguns pontos doutrinários e que, ao fim, foram motivos suficientes para me separar da seita.

2.         Motivo número dois – É que esta denominação tem um espírito farisaico, pois a maioria de seus membros são ardentemente zelosos e agressivos e isto os leva ao extremo de ter e praticar o pecado do orgulho e soberba, pois eles se consideram os únicos que têm o monopólio da salvação e discriminam a todos os demais crentes que não pensam como eles e até se jactam em dizer que nós, os batistas, e todas as demais denominações, não estamos fazendo nada porque não guardamos o sábado, e isto é exatamente o que diziam aqueles fariseus de então acerca do Senhor Jesus Cristo (João 5:16-18; 9:14-16).

3.         Motivo número três Esta seita ou denominação, desde sua origem, sempre se tem dedicado a campanhas e propagandas de caráter proselitista, e até pessoalmente seus membros dedicam mais tempo a persuadir a membros de outras seitas ou denominações em lugar de dedicar seu tempo à pregação do evangelho para alcançar e converter aos drogados, alcoólicos, idólatras e incrédulos para que se convertam ao Deus vivo e verdadeiro 3 recebam ao Senhor Jesus Cristo como seu redentor e salvador pessoal (João 3:16-21; Romanos 3:23-26; 1 João 5:9-12).

Depois de tecer estes comentários e expor os motivos que me impeliram a escrever este folheto, agora procedo à apresentação dos dez erros fundamentais da denominação dos Adventistas do Sétimo Dia.

1.         Origem Humana da Seita. -- Os fundadores do movimento, um grupo de norte-americanos: 6 homens e uma mulher, sem autoridade de Deus (Mateus 15:13).

 

William Miller


Joshua S. Himes


Joseph Bates


James White


Ellen G. White


J. N. Loughborough


John Nevins Andrews

Isto prova que é uma seita de origem humana e carnal (Gálatas 5:20; Judas 1:17-19), exatamente como as seitas das falsas Testemunhas de Jeová, dos Mórmons, da Ciência Cristã, dos Cristadelfianos e outros.

2.         William Miller e a Segunda Vinda de Cristo.

a.         A princípio ele pregou que a segunda vinda de Cristo seria aproximadamente no mês de março de 1843.

b.         Logo depois, mudou a data para 22 de outubro de 1844.

Ele pregou que o Senhor Jesus Cristo regressaria à terra com grande poder e glória para no dia 22 de outubro de 1844. Mas, este anjo se equivocou duas vezes por não haver lido cuidadosamente o que O próprio Cristo, nosso Senhor ensinou acerca de Sua segunda vinda (Mateus 24:36, 42-44; Marcos 13:31-37).

Pelo mesmo motivo, também, a suposta profetiza Ellen G. White está profundamente equivocada ao aplicar Apocalipse 14:6-7 a Guilherme Miller por pregar uma mentira. Jesus Cristo não veio na data que ele profetizou, 22 de outubro de 1844 (Deuteronômio 18:20-22).

3.         Data da Organização da denominação: o mês de maio de 1863, por um grupo de norte-americanos sem autoridade divina, o que indica claramente que é mais uma seita das quais há centenas e todas de origem humana e cujo princípio e origem está nas obras da carne (Gálatas 5:20, herejias: Judas 1:17-19, divisões sensuais, não tendo o Espírito Santo).

É, portanto, o cumprimento das palavras de Deus de que nos últimos dias se levantariam falsos cristos e falsos profetas que fundariam seitas de perdição e que fariam comércio de toda a Palavra de Deus (2 Pedro 2:1-3; Atos 20:29-30; 1 Juan 2:18-20; Mateus 24:23-27).


Continua...

Nenhum comentário: