Somente Cristo! Somente a Bíblia!

"Fiz uma aliança com Deus: que ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer, tanto para esta vida quanto para o que há de vir." - Martinho Lutero
Carregando...

terça-feira, 20 de setembro de 2011

ELLEN G. WHITE DESBOTADA

Título da obra em inglês:

White Out

Dirk Anderson

Como as frustradas visões, as profecias equivocadas e os erros embaraçosos e garrafais de uma profetisa foram ocultados por seus seguidores.

Recordar o 9º mandamento:

Não Dirás falso testemunho contra teu próximo.

Éxodo 20:16

________________________________________

CONTEÚDO


Prólogo

Introdução

1. Uma Profetisa Entre Profeta

2. Um Começo Decepcionante

3. A Profetisa da Porta Fechada

4. O Julgamento Contra Israel Dammon

5. O Incidente Turner

6. A Ira da Profetisa

7. A Profetisa da Guerra Civil

8. Reforma Pró-Saúde ou Mito Sobre a Saúde?

9. Desaparecem Mais Livros

10. O Mito de O Grande Conflito

11. A Profetisa em Guerra

12. Alteração, Revisão, Mudança



Prólogo

Dale Ratzlaff

Que faz uma pessoa dar uma volta de 180 graus em suas crenças religiosas? Para centenas de pastores Adventistas do Sétimo Dia e muitos milhares de membros adventistas, a resposta é com frequência a mesma: o peso da evidência. A versão revisada do livro de Dirk Anderson, White Out, é uma obra oportuna que revela muitos mais "fatos do adventismo" que têm sido "maquilados" da história denominacional oficial.

Anderson, que tinha sido um ardente seguidor de Ellen G. White, decidiu seguir seu conselho. Ela tinha dito que seus escritos podiam suportar a prova de uma investigação. Ele pesquisou e descobriu que seus escritos estavam tão cheios de problemas que pareciam uma peneira. Anderson sentiu que devia trazer à luz as muitas “maquiagens” na história Adventista do Sétimo Dia.

White Out é um livro que encantará aos ex-adventistas porque estes terão ainda maior evidência para, com justiça, livrarem-se da escravidão e do falso sentimento de culpabilidade causado por anos e anos de se alimentar dos testemunhos da “Irmã White”.

White Out será um desafio para os dirigentes Adventistas do Sétimo Dia porque revela, com extensa documentação, em relação a Ellen G. White, o engano que tem residido, e continua residindo, no coração da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

White Out abarca uma ampla faixa de temas em relação a Ellen G. White e seus escritos. Os fatos trazidos à luz são extraordinariamente diferentes do que se ensina nas “Classes do Espírito de Profecia” na educação Adventista do Sétimo Dia. Não fora pelo fato de que Ellen G. White reclamava inspiração divina para seus escritos, afirmando com frequência que recebia sua informação diretamente por meio de visões de Deus ou durante conversa com “seu anjo”, eu entenderia que é injusto tratar a uma dirigente religiosa ou sua reputação com tal escrutínio. Mas, não o fazer assim é continuar a “maquiagem”.

Muitos ex-adventistas têm observado que os singulares ensinos do Adventismo do Sétimo Dia se sustentam ou caem com Ellen G. White porque não podem ser derivados claramente das Escrituras sem fazer numerosas e injustificadas suposições. Por esta razão, os administradores da Igreja Adventista do Sétimo Dia continuam enfrentando o dilema de como manejar o crescente peso da evidência que demonstra não serem dignos de confiança os escritos de Ellen G. White. Talvez, White Out seja o fiel que incline para a honestidade administrativa a balança que agora está recarregada em direção oposta.

Dale Ratzlaff,

Presidente,

Life Assurance Ministries



Introdução

Lembro-me de, quando garoto, olhava a minha mãe digitar muito ocupada em sua máquina de escrever. De quando em quando, detinha-se e tomava um frasco que continha um líquido branco pastoso. Cuidadosamente, pintava com aquele líquido branco o erro ortográfico, e a palavra desaparecia na brancura como por arte de magia, como se nunca tivesse existido. Para um menino pequeno, isto era fascinante.

Tendo crescido em um lar Adventista do Sétimo Dia de segunda geração, e tendo sido educado em escolas Adventistas por dezesseis anos, fui completamente doutrinado na vida e nos ensinos da profetisa Adventista do Sétimo Dia, Ellen G. White. Quando meus professores me apresentaram suas visões e descreveram-me as milagrosas circunstâncias de sua vida, fiquei atemorizado. Ao ler a história de sua vida, convenci-me de que esta jovem certamente devia ter sido profetisa de Deus. Do que não me dava conta era que somente estavam dizendo-me parte da história. Partes críticas da história de sua vida tinham sido “branqueados” por seguidores bem intencionados. Os fatos históricos que estes bem intencionados seguidores tinham decidido excluir de seus relatos históricos não encaixavam bem na imagem dela que eles estavam pintando como a profetisa da igreja remanente do fim dos tempos.

Minha ilusão de Ellen G. White começou a se desbotar e a se desmoronar no final de 1966. Foi nesta época quando iniciei um estudo exaustivo de Ellen G. White, começando desde os documentos mais anteriores que se podiam obter. Após 33 anos na igreja Adventista do Sétimo Dia, comecei a me dar conta de que Ellen G. White tinha outra particularidade, uma faceta secreta, cuja existência eu ignorava por completo. Por mais de 156 anos, este lado secreto tem sido mantido oculto aos olhos do membro de igreja mediano.

O propósito deste livro é desprender, como se tratasse de se descascar uma laranja, o brilhante exterior pintado pelos historiadores Adventistas do Sétimo Dia e lançar-lhe uma olhada para a verdadeira Ellen F. White - a Ellen G. White que seus amigos e sócios conheciam. Você se surpreenderá de ver a “Sra. White” fixar datas para o regresso de Cristo - após o Grande Desapontamento de 1844! Sentir-se-á perturbado observando à “Sra. White”, em visão, deixar estupefatos a outros adventistas com a terrível notícia de que a porta da salvação para os pecadores se tinha fechado para sempre. Contemplará o escandaloso fanatismo que se apoderou das primeiras reuniões nas quais a Sra. White profetizou. Verá como realmente a “Sra. White” tratava às pessoas. Assombrar-se-á quando se inteirar de como as porções prejudiciais dos escritos de Ellen G. White foram eliminadas silenciosamente e os escritos republicados como se aquelas porções originais jamais tivessem existido. Verá citações antes e após terem sido “branqueadas” e averiguará quem as tirou e por que as tirou. Este livro lhe mostrará como os seguidores de Ellen G. White andam muito ocupados através dos anos, corrigindo, alterando, tirando, apagando e polindo seus escritos. Lançaremos uma olhada sobre os falsos ensinos que desapareceram de seus escritos e veremos até livros inteiros que já não se publicaram mais, e que desapareceram, como por arte de magia, nas brumas da história - como se nunca tivessem existido!

Ao ler este livro, talvez você se sinta incomodado. Talvez, sinta-se furioso. Às vezes, soltará uma risadinha, assombrado. Faça o que fizer, peço-lhe o favor de que tome o tempo necessário para considerar cuidadosamente a evidência apresentada. A “Sra. White” disse que seus escritos “resistirão à prova da investigação.” [1] De modo que, arregacemos as mangas para a investigação!

Dirk Anderson

________________________________________

Nota:

[1]. Ellen White, Mensagens Escolhidas, vol. 1, p. 35.

Nenhum comentário: