Somente Cristo! Somente a Bíblia!

"Fiz uma aliança com Deus: que ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer, tanto para esta vida quanto para o que há de vir." - Martinho Lutero
Carregando...

sábado, 15 de dezembro de 2007

Evangélicos Ensinam Como Lidar com Adventistas do Sétimo Dia

Muitos não conhecem completamente aos adventistas do sétimo dia. Os adventistas são muito hábeis em nos apresentar o que realmente não são. Por trás de seu incessante trabalho "humanitário e social", há uma agenda escondida, uma meta por alcançar, que você ou qualquer pessoa não adventista seja captada e ingresse no que eles chamam, "o evangelho eterno, a mensagem adventista".

A seguir responderei a maioria das dúvidas que podem ter aquelas pessoas que não conhecem os adventistas do sétimo dia. Espero que lhes ajude a eliminar as dúvidas e se houver qualquer pergunta não incluída esta será bem-vinda. A intenção deste trabalho não é difamar, mas, sim, informar objetivamente e com propriedade o que muitas vezes os adventistas não dizem à opinião pública, o que ocultam daqueles que desconhecem seu "modus operandi".

1. Os Adventistas do Sétimo Dia são como os outros cristãos?

Não. Os adventistas possuem várias doutrinas distintivas, as quais eles acreditam que lhes façam um povo único, especial, diferente de outros crentes e possuidores da verdade, do verdadeiro evangelho necessário para o tempo do fim.

2. Quais são essas doutrinas que os fazem diferentes e únicos.

A. Acreditam que os livros escritos por Ellen White são tão inspirados quanto a Bíblia e da mesma fonte e autoridade. Que Ellen White é a profetiza para este tempo do fim e que acreditar na inspiração de seus escritos é fazer parte da Igreja Verdadeira.

B. Acreditam que a doutrina do juízo investigativo e o santuário, leva-nos a uma expiação pelas obras antes da vinda de Cristo. Este julgamento será realizado em favor de todo ser humano e teve início em 22 de outubro de 1844. Você deve acreditar nesta doutrina tal e qual acredita na ressurreição de Cristo, do contrário não está na verdade.

C. Acreditam que só os observadores do sábado serão salvos na Grande Tribulação antes do Armagedom. Os que guardam no domingo ou freqüentam a igreja aos domingos receberão a marca da besta.

D. O sábado é o selo de Deus neste tempo do fim. Você deve ingressar no adventismo para não ser marcado com o oposto a marca da besta que é a observância do domingo. Entretanto, a Bíblia claramente afirma que o selo de Deus é o Espírito Santo, para o crente do Novo Testamento (Ef. 1:13-14 e 2da. Cor. 1:22).

E. A Igreja Adventista é a única Igreja Verdadeira, dirigida por Deus, mas atualmente sob a direção da Conferência Geral. As outras Iglesias são Babilônia, sistemas falsos de adoração. São o protestantismo apóstata. O convite para os não adventistas é a que abandonem suas crenças e aceitem a mensagem adventista, que é composta por suas 27 doutrinas.

F. Quando um indivíduo morre está em estado de inconsciência, em "um sono" até a ressurreição. O inferno não existe, é o sepulcro. Acreditam na aniquilação total do indivíduo pecador logo após o grande julgamento final.

G. Acreditam que a salvação não foi completada na cruz, mas, sim, até que se complete o juízo investigativo que começou em 1844.

3. Os adventistas acreditam que são o único povo de Deus?

Sim. Eles acreditam que são o único povo de Deus, do contrário não seriam adventistas. Acreditam que são a única organização religiosa aprovada por Deus e que Deus atua através desta. Tão recentemente, como no ano 2000, a autoridade máxima dos adventistas confirmou esta crença e enfatizou que o resto da cristandade é falsa, Babilônia. Que para estar na verdade e ser salvos todos os guardadores do domingo devem ingressar no adventismo e livrar-se da marca da besta e a destruição final.

4. Acreditam os adventistas na Trindade?

Sim. Os adventistas acreditam e defendem com força esta doutrina. A organização entretanto, oculta que eles não criam na Trindade até 1931. Somente depois dessa data, a doutrina foi avalizada e reforçada. Ocultam que os pioneiros, incluindo a própria profetiza Ellen White, não criam nessa doutrina. Os livros oficiais da Igreja (Year Book) até o ano de 1914 documentam com muita consistência esse fato negado hoje por seus dirigentes.

5. Acreditam os adventistas que Cristo é o Arcanjo Miguel?

Sim. Eles acreditam que Cristo é Deus, mas também o Arcanjo Miguel. Embora seja contraditória esta afirmação, a profetiza Ellen White sempre afirmou que Cristo era o Filho de Deus e o Arcanjo Miguel. Isto trouxe muita controvérsia entre os próprios adventistas. Essa confusão surge do fato de a organização ter modificado os livros da profetiza, logo depois de sua morte para dar a aparência de que sempre foram trinitrianos. Escapou-lhes eliminar que Cristo não pode ser Deus e ao mesmo tempo um Arcanjo. Para harmonizar ambos os conceitos, os adventistas hoje dizem que Cristo pode, sim, ser completamente divino e ao mesmo tempo ser o Arcanjo Miguel. Você pode entender isto?

6. Acreditam os adventistas que levam um estilo de vida saudável?

Sim. Os adventistas acreditam que eles são os cristãos mais saudáveis do mundo. Acreditam que por seguir a dieta da profetiza Ellen White estão inclusive em uma posição espiritual superior ao resto do mundo. Enfatizam que se deve deixar de comer carne. Aqueles que comem carne não sobreviverão à grande tribulação.

7. Fizeram os adventistas mudanças doutrinárias?

Sim e não. Os adventistas têm feito mudanças cosméticas em suas doutrinas. Eles as têm feito parecer mais evangélicas e menos sectárias com o propósito de poder ganhar adeptos de outras confissões religiosas. Entretanto, não têm feito mudanças em suas doutrinas sectárias particulares, pois comprometeriam muito o poder da organização e sua profetiza. De fato, estima-se que nos próximos cinco anos não haverá mudanças em suas doutrinas.

8. São cristãos sinceros os adventistas?

Só Deus conhece o coração humano. Há trigo e joio dentro dos adventistas como pode haver em qualquer grupo religioso. Eles padecem dos mesmos males espirituais que outras confissões. Entretanto, a grande maioria é gente sincera que ama a Deus e lhe serve em seu melhor entender.

9. Acrescentaram os adventistas novos conteúdos à Bíblia?

Os adventistas do Sétimo Dia acreditam que a Bíblia deve ser nossa única regra de fé e autoridade. Entretanto, acreditam que nestes últimos dias Deus está falando por profeta. Em especial, por sua profetiza Ellen White. Por isso, para os adventistas a única intérprete preferida e autorizada da Bíblia é sua profetiza (embora eles com a boca o neguem com força, o uso que fazem de seus livros nega sua própria afirmação). Muitos adventistas lêem mais os livros do Ellen White que a própria Bíblia. Da boca para fora, os adventistas proclamam que eles são o povo da bíblia, seus melhores defensores, mas na prática eles lêem mais os livros do Ellen White que qualquer outra literatura. Ellen White é chamada, a Mensageira do Senhor, a Pena Inspirada, O Espírito de Profecia, Serva de Deus, a Irmã White, a última profetiza de Deus. Por isso, seus livros podem ser considerados uma adição à Bíblia. Os adventistas inclusive criaram uma versão particular da Bíblia [a Clear Word], na qual incluíram mais de 13.000 palavras para dar respaldo às doutrinas não bíblicas de sua insigne profetiza. Além disso, publicaram em espanhol uma Bíblia Comentada chamada "Bíblia de Estudo" em que se incluiu a interpretação da profetiza em cada página da Escritura. Isto demonstra que OS ADVENTISTAS TÊM NÃO UMA BÍBLIA, MAS TRÊS! A que nós usamos, a Clear Word Bible e a "Bíblia de Estudo".

10. Porque os adventistas fazem do assunto do sábado algo tão relevante?

Os adventistas acreditam que o sábado ainda está vigente para o cristão convertido. Ellen White, sua profetiza, expõe em seus livros uma luta final entre Deus e Satanás baseada na observância do sábado. Ela descreve os acontecimentos finais como uma luta entre a marca de Deus (sábado) e a marca da besta (o domingo). As potências mundiais, junto com a falsa religião (que para eles são os protestantes e o catolicismo) unir-se-ão para impor a observância do domingo e perseguir os adventistas até matá-los por guardar na sábado. Daí a importância extrema dessa doutrina a tal magnitude que é um tema de salvação ou perdição. Uma leitura detida do Novo Testamento e uma compreensão do Novo Pacto da Graça basta para lançar por terra todo esse ensino. Infelizmente, os adventistas vivem obcecados pelo sábado. Isso resulta da leitura dos livros de sua profetiza e da literatura manipulada que emana de sua organização.

11. Porque os adventistas não se identificam abertamente quando oferecem seminários de apocalipse e cursos de saúde e dieta?

Os adventistas costumam não se identificar imediatamente quando oferecem estes programas. Eles sabem que possuem uma pobre reputação e que são vistos como um grupo sectário. Assim utilizam agências adventistas com outros nomes e mudança de fachada para projetar-se mais evangélicos e preocupados com os problemas sociais da humanidade. Eis aqui algumas de suas agências camufladas:

Está Escrito, A Voz da Profecia, A Voz da Esperança, A Mensagem da Bíblia, Plano para Deixar de Fumar, ADRA, Seminários de Apocalipse Gratuitos, Cursos de Cozinha Vegetariana, nomes de diferentes hospitais, Universidades com nomes distintos, Sinais dos Tempos, O Atalaia, Novo Tempo, Serviço Educacional Lar e Saúde, etc.

Através destas agências eles promovem sutilmente suas doutrinas e ganham adeptos.

12. Por que os adventistas estão sempre na defensiva e tentando me provar que estou em uma doutrina enganosa?

Os adventistas acreditam que eles são os únicos possuidores da verdade bíblica. O resto dos cristãos está em doutrinas de demônios, doutrinas herdadas do catolicismo e, por isso, o protestantismo apostatou da verdade e será destruído. Eles se sentem superiores em conhecimento ao resto dos cristãos. Entre suas crenças está a convicção de que foram chamados a alertar os não adventistas de seu engano e convidá-los a escapar por sua vida, ingressando no adventismo. Por isso, são tão agressivos em seu proselitismo e hábeis em suas técnicas de captação. Você deve ingressar no adventismo para estar na verdade, do contrário não poderá ser salvo.

13. Como posso então compartilhar minha fé com um adventista e dialogar com ele?

Documente-se bem sobre o adventismo. Estude o Novo Testamento, especialmente o livro do Gálatas, Colossenses, Hebreus e Romanos. Pergunte-lhe sobre seu passado e pelo que sabem disso. Evite dialogar sobre o sábado a todo custo e centre-se nas mudanças que Cristo tem feito em sua vida. Tanto mais fale de Cristo ao adventista, em melhor posição você estará. Limite-se a um só tema e não passe a outro. Eles são hábeis em mudar de assunto quando se vêem sem saída em um ponto de discussão. Seu lado mais fraco é o que eles acreditam ser o forte, o ministério profético do Ellen White. Estude o tema da profetiza e documente-se bem sobre seus plágios e desacertos doutrinais. Estude também sobre a organização adventista, seu passado e como o ocultaram sutilmente.

Os adventistas são gente sincera, não esqueça. Ore por eles. Dê apoio aos ministérios de ex-adventistas. Não nos esqueçamos que o adventismo é uma organização milionária, que usa todos os recursos disponíveis para controlar seus membros. Além disso, compartilhe com outros crentes suas descoertas sobre o adventismo e lhes faça conscientes do problema das seitas em geral.

Extraído de http://www.adventistas.com

Nenhum comentário: