Somente Cristo! Somente a Bíblia!

"Fiz uma aliança com Deus: que ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer, tanto para esta vida quanto para o que há de vir." - Martinho Lutero
Carregando...

sábado, 1 de dezembro de 2007

SINAGOGA ADVENTISTA DO CHILE

Folheto de Sinagoga Adventista do Chile Confirma Duplicidade Doutrinária da IASD

O que não dá para aceitar são as muitas exclusões já ocorridas em cidades brasileiras devido à descrença na Trindade, enquanto em outros lugares e comunidades, há tolerância excessiva até com o legalismo, nada se diz sobre Yeshua (Jesus) como salvador, enfatiza-se a unicidade de Deus a ponto de tornar Cristo, o Messias, apenas uma outra dimensão do próprio Pai e reduz-se o batismo a um mero "banho ritual", tão importante quanto à circuncisão e a "crisma" judaica.

Comunidade Hebraica "BETH B'NEI TZION"

Solicite mais informação a: World Jewish Friendship Center

BETH B'NEI TZION Bem-vindo a uma comunidade diferente!

BETH B'NEI TZION

É uma comunidade de raízes judaicas e por isso mesmo sustentadora da Fé de Abraão, Isaque e Jacó.

É nosso anelo ser fiéis ao Deus de nosso povo, ao Tanach e a Israel. Nossa comunidade é pluralista e está aberta a todo Judeu que tenha necessidades espirituais.

Conscientes de que a assimilação é causada em grande parte pelos matrimônios mistos, nesta comunidade são bem-vindas as esposas ou esposos de Judeus que, não sendo desta raça, uniram-se em matrimônio com eles; a si mesmos como a seus descendentes e são recebidos como parte da família, se vêm com a atitude de Rute, a moabita ("Teu povo será meu povo e Teu Deus será meu Deus") e com alegria compartilhamos com eles os princípios de nossa fé.

Tampouco rejeitamos aos Judeus que silenciosamente têm crido no Rabi Jesus, mas que mantêm toda a nossa tradição e vivem como Judeus. Queremos que nossa humilde comunidade seja uma porta aberta a fim de recuperar para Israel a aqueles de nosso povo que têm se distanciado de nossos círculos espirituais.

AS CRENÇAS QUE NOS UNEM: Cremos nos Princípios de Fé enunciados por Maimônides no século 12 da era cristã

1. Que Deus, bendito seja seu nome, é o Criador e Sustentador de toda a criação. E é quem sozinho fez, faz e fará todas as coisas.

2. Que o Criador, bendito seja seu nome, é único e sua unicidade é incomparável. Ele foi, é e será nosso Deus, para sempre.

3. Que o Criador, bendito seja seu nome, é incorpóreo, não está sujeito às leis da matéria e não tem nenhuma imagem.

4. Que o Criador, bendito seja seu nome, foi o primeiro e será o último.

5. Que só ao Criador, bendito seja seu nome, devemos dirigir nossas orações, com exclusão de toda outra divindade.

6. Que todas as palavras dos profetas são verdadeiras.

7. Que a profecia de Moisés, nosso mestre de venerada memória, é verdadeira e que ele foi o mestre de venerada memória.

8. Que toda a Torah que atualmente possuímos, foi revelada a Moisés, nosso mestre de venerada memória.

9. Que esta Torah é imutável e não será substituída, nem revelada outra, pelo Criador, bendito seja seu nome.

10. Que o Criador, bendito seja seu nome, é onisciente, e conhece os pensamentos humanos, pois assim está dito: "O Criador de todos os corações, penetra todas as ações humanas."

11. Que o Criador, bendito seja seu nome, recompensa com o bem aos observadores de seus preceitos e castiga a todos que os transgridem.

12. Creio com fé sincera na chegada do Messias, espero com constância e diariamente a sua chegada.

13. Que haverá uma ressurreição, quando assim o ditar a vontade do Criador, bendito seja seu nome, e enaltecida sua memória até a eternidade.

ALÉM DISSO, CREMOS:

14. Que Adonai é UM, porém, segundo o Tanach, o Eterno pode apresentar-se ao ser humano na dimensão de RUACH HA KODESH, o Espírito de Adonai, e do Messias. (Gên. 1:2; Isa. 40:13; Dan. 9:26.)

15. Que na dimensão de RUACH HA KODESH, Adonai trabalha para reformar o coração humano. (I Sam. 16:13; Isa. 11:2; 21:1; Êxo. 31:3.)

16. Que Adonai, na dimensão do Messias, atua pessoalmente para redimir ao ser humano do pecado e suas conseqüências, sempre e quando

estes tenham sido confessados a Deus em Tefilah [oração] e abandonados (II Crôn. 7:14; Isa. 53:1-12; Daniel 7:13-14; Sal. 3:8; 67:7.)

17. Que a Bíblia ou Tanach, é a palavra inspirada de Deus; que inclui o Novo Brit, além da Torah, Nebiim e Ketubim e que á a nossa única regra de fé e prática, dada por Adonai aos judeus e à humanidade. (Sal. 119:108.)

18. Cremos que a imortalidade é um dom apenas de Adonai, mas que ele a outorgará aos que forem fiéis, por ocasião da vinda do Messias. (Dan. 12:2.)

19. Cremos que a terra será purificada por fogo e renovada pelo poder de Adonai. Logo será o eterno lar de paz para Israel e estrangeiros que amem a Lei de Deus (Mal. 4:1-4; Isa. 65:17; e 66:62.)

20. Cremos que na era messiânica, haverá uma Nova Jerusalém e que será a capital do Mundo e do Universo porque Adonai morará nela. (Joel 3:17; Miq. 4:1-4.)

21. Cremos na vigência eterna dos dez mandamentos de Deus e que o judeu verdadeiro se conhece por sua obediência a eles.

22. Cremos que o SHABAT, sétimo dia da semana é o sinal do poder criador de Deus; e que segundo Tanach, deve ser observado de sol a sol, e é um sinal distintivo e imutável de Israel para com Deus.

23. Cremos que Adonai estabeleceu o Maaserah (Dízimo), para sustentar a propagação do ensino do Tanach e que é um dever de todo Judeu devolver o que é de Deus na comunidade, para apoiar o trabalho que Adonai nos deu, em benefício de nosso povo e da humanidade (Gên. 14:18-20; Lev. 27:30-34.)

24. Cremos que o KASHURT é o sistema estabelecido por Adonai para alimentar nosso corpo adequadamente. Por isso mesmo, como filhos de Deus, absteremo-nos de todo alimento imundo, bem como do tabaco, álcool e do uso de narcóticos e outras drogas (Lev. 11; Gên. 1:29; e Dan. 1.)

25. Cremos que o MIKVA ou banho ritual é a maneira adequada de fazer um pacto de fidelidade ao Deus de Israel. (Ezeq. 36:24-26). Além do BRIT MILA e BAR MITZVA.

26. Consideramos que é uma ordem de Deus a celebração de nossas festas anuais, as quais mantêm viva a chama de nossa esperança como povo. Essas festas são PURIN, PESACH, SHAVOUT, ROSH HASHANA, IOM KIPUR, SUCOT, etc. (Lev. 23).

27. Cremos que é um sagrado dever, dado pelo Deus de nossos pais, que dediquemos nossos talentos a partilhar os maravilhosos ensinos do Tanach com nossa família, com nosso povo e com o

Nenhum comentário: